Portfólio, Transportes

ECHO, a escultura colossal trazida ao Brasil pela Sax Logística

“Da imensidão desértica do Catar a um vale verdejante na Nova Zelândia, das movimentadas ruas de Nova York e Londres a grandes museus e galerias, as esculturas de Richard Serra impressionam pela escala monumental em contraste com a surpreendente leveza extraída da pesada matéria-prima, o aço.” Trecho retirado do site do Instituto Moreira Salles

O interesse pelo trabalho de Richard Serra já existia antes mesmo do IMS ser inaugurado. Durante o projeto do Instituto, Serra já havia sido procurado para desenhar uma peça exclusiva para o local. Desde então foi iniciado o processo artístico que conceberia algum tempo depois a escultura Echo.

Ciente da magnitude das obras de Richard Serra, pensar em como um monumento com mais de 18 metros de altura e produzido em uma única peça de aço de mais de 70 toneladas seria transportado, era crucial para a concepção do monumento em seu local de destino.

Onde nasceu a ECHO

A peça foi produzida em Châteauneuf, na França e levada até Manheim na Alemanha, é aí que a Sax Logística entra no projeto, sendo a empresa escolhida pelo Instituto Moreira Salles com o aval do artista, para ser responsável por toda a operação logística e levar esse monumento colossal até o Brasil.

Da Alemanha, levamos a ECHO para a Antuérpia, na Bélgica, local onde seria possível embarcar a peça em um navio projetado para transportar objetos super dimensionados. Esse navio cruzou o Atlântico e atracou no porto de Santos, onde a equipe de terra da SAX aguardava para prosseguir com manejo até seu destino final.

Essa fase final de deslocamento não foi fácil, muitas autorizações foram necessárias, desde a permissão por órgãos governamentais até a permissão da vizinhança. Mas com toda a experiência e habilidade do nosso time, a operação aconteceu perfeitamente.

A instalação

O ideal seria fazer a instalação do monumento antes da construção do prédio que se tornou o IMS, porém não foi possível ajustar as agendas para que isso acontecesse. Logo, a instalação da ECHO se tornou um desafio ainda maior para a equipe de engenheiros responsável pelo projeto.

O processo de instalação foi um tanto quanto delicado, afinal, manejar duas placas de 18 metros de altura e mais de 70 toneladas, num espaço restrito e repleto de outras construções e pessoas nas proximidades envolve muitos riscos e um cuidado extremo.

No final, toda a complexidade de deslocamento e instalação abrilhantou ainda mais uma escultura que já era envolta em uma complexidade artística perceptível apenas para aqueles que enxergam além do que os olhos podem ver.

Esse tipo de trabalho é o que motiva todos os profissionais da SAX Logística a darem sempre o máximo de si, afinal, fazer parte de algo tão grandioso e tão épico não é para qualquer um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *